Eficiência e Eficácia


Imagem sugerida (sem direitos autorais): https://www.pexels.com/pt-br/foto/homem-vestindo-uma-camisa-branca-de-mangas-compridas-segurando-uma-caneta-preta-3182781/
Título da imagem (SEO): Eficiência e eficácia

Eficiência e Eficácia são duas palavras que se parecem muito. Porém, ambas possuem sentidos distintos, cada uma dentro de suas próprias definições.

Utilizadas dentro de inúmeros contextos, tanto no meio do empreendedorismo, quanto no cotidiano ordinário da sociedade, seus sinônimos também trabalham junto dos negócios e inovação rumo à escalada para grandes resultados.

Com a mudança do mercado e com as tendências dos consumidores se tornando cada vez mais exigentes, a demanda por eficiência e eficácia se torna cada vez mais exigente na medida em que a digitalização ganha destaque. 

Com a ascensão constante da Transformação Digital, empreendedores passaram a se mostrar cada vez mais adeptos a atingirem um alto nível de performance a partir de métodos e estratégias mais ágeis.

Para impulsionar e potencializar a operação de suas empresas, diretores e CEOs passaram a apostar em novos métodos, tais quais novos modelos de trabalho. 

Essa nova tendência tem sido responsável por uma nova estratégia de gestão: o modelo de negócio escalável, representado por Empresas de Alto Crescimento, ou seja, ambientes que trabalham gerando grandes resultados através de organização, agilidade digital e excelência.

É importante pensar que a digitalização passou a se tornar o norte para muitas empresas que encontraram o caminho para melhores resultados, e utilizaram desta fonte de inovação para “descomplicar” a operação interna e otimizar ainda mais o trabalho da sua equipe.

Neste blog falaremos sobre Eficiência e Eficácia, definindo cada um destes termos, diferenciando-os e também traçando os resultados que podem ser alcançados quando dois polos positivos são trabalhados juntos. 

O que é Eficiência

Dentro de uma operação, ou seja, dentro dos negócios, há modelos organizacionais que precisam ser mensurados e alcançados. 

Para compreender a eficiência, é importante pensar que esta é responsável por analisar o que está sendo produzido atualmente, para comparar com o que poderia ser alcançado com o consumo de recursos existente, ou seja, a mão de obra, tempo, dinheiro, etc. 

A eficiência trabalha com a qualidade e a eliminação do desperdício, isso significa que um nível de desempenho descreve um processo que utiliza o mínimo de entradas para criar maiores quantidades de saída a fim de obter mais, com menos.

Em outras palavras, eficiência é a capacidade – muitas vezes mensurável – de evitar o desperdício de energia, dinheiro, esforços, materiais e tempo para fazer algo ou produzir um resultado desejado. A capacidade de fazer as coisas com perfeição e sem desperdício – a capacidade de fazê-las bem.

Eficiência é fazer o melhor uso possível dos recursos disponíveis. 

Empresas eficientes maximizam os resultados de determinados insumos, minimizando assim seus custos. Quando a eficiência de uma empresa é positiva, seus custos são reduzidos e sua competitividade é maior, desde que o foco seja também a produtividade.

O que é Eficácia

Pensar no modelo de uma operação, também requer pensar na sua mão de obra, ou seja, o modo como os resultados são entregues.

Para entender a definição de eficácia, é importante pensar no quão bem uma empresa e as pessoas que estão trabalhando nela executam as tarefas de criação de valor, e o quão bem as funções de negócio valem juntas.

A eficácia pode ser aplicada a muitas partes das atividades dos negócios. Do ponto de vista da gestão, uma empresa é eficaz quando sua mão de obra pode executar todas as demandas exigidas.

Quanto mais consistência houver na execução das tarefas, e quanto mais corretamente as demandas forem entregues, mais eficazes elas serão. Isso também inclui o uso adequado de comunicação, tecnologia, conhecimento organizacional e individual.

As medidas de eficácia também podem ser usadas para descrever a produção em um ambiente de manufatura. 

Nesse caso, um processo é considerado eficaz se o resultado atingir as especificações desejadas. Em outras palavras, o produto saiu do jeito que a organização pretendia? Ao longo de um período de tempo, quanto mais frequentemente os produtos saem atendendo a critérios especificados, mais eficaz o processo é considerado. 

Uma observação importante é que a eficácia não mede a eficiência. Em outras palavras, a eficácia não mede quanto tempo ou insumos são usados ​​na produção.

Qual é a diferença entre Eficiência e Eficácia?

Muito embora a etimologia das duas palavras seja parecida, Eficiência e Eficácia são duas palavras de definição bastante diferentes. 

Cada uma possui um significado próprio para sua significante. E muito embora sejam assumidas como semelhantes, cada uma delas descreve a maneira como algum trabalho é feito.

Há diferença entre seus significados e isso limita sua intercambialidade. 

A eficácia, como definido acima, refere-se ao grau de sucesso. 

Enquanto que a eficiência refere-se à obtenção de resultados de maneira ideal, que deve ser mensurado em uma operação.

Em outras palavras, a maneira mais simples que se define a diferença entre Eficiência e Eficácia é que a Eficiência, significa fazer as coisas de forma certa, enquanto Eficácia significa fazer com que as coisas certas sejam feitas.

Em outras palavras, eficiência é o que deve ser feito, e a eficácia é o modo que tem de ser feito.

Assim, Eficiência e Eficácia têm um lugar de destaque no ambiente de negócios que deve ser mantido pela organização porque seu sucesso está em ambos os processos. 

A eficiência tem uma abordagem introspectiva, ou seja, mede o desempenho das operações, processos, trabalhadores, custo, tempo, etc, dentro da organização. Tem também foco claro na redução de gastos e desperdícios ou na eliminação de custos desnecessários para alcançar o resultado com um número declarado de insumos.

No caso da Eficácia, tem uma abordagem extrovertida, que destaca o relacionamento da organização empresarial com o resto do mundo para alcançar uma posição competitiva no mercado, ou seja, ajuda a operação a julgar a potência de toda a organização, fazendo estratégias e escolhendo os melhores meios para o alcance do resultado.

Como unir eficiência e eficácia para melhores resultados?

Embora sejam diferentes, eficácia e eficiência não são mutuamente exclusivas. 

Ao se concentrar nas situações corretas, as empresas podem estimular a eficácia ao mesmo tempo que a eficiência. Mas atingir esse encontro ideal requer três coisas cruciais:

  1. Estratégia

Se a eficácia é alcançada fazendo melhorias nas coisas certas para atingir as metas organizacionais, o primeiro passo é definir esses objetivos. 

No planejamento estratégico, as empresas identificam seus objetivos específicos e criam um roteiro para alcançá-los. Esse planejamento deve ser a espinha dorsal de todas as iniciativas corporativas e deve considerar a visão, as necessidades, os recursos e outros fatores do negócio. As estratégias podem ser em larga escala, abrangendo toda a organização, ou desenvolvidas para equipes e departamentos; embora seja importante que as estratégias de menor escala estejam alinhadas com os objetivos corporativos gerais.

  1. Métricas 

Depois que a operação definir seus objetivos e criar uma estratégia, é crucial determinar como medir a eficácia do seu plano. 

Identifique quais pontos de dados mostrarão como os resultados de suas iniciativas acompanham seus objetivos. Para determinar quais métricas monitorar, pergunte a si mesmo qual história cada indicador lhe contará. Os KPIs exatos variam de acordo com o que você deseja alcançar, mas é importante encontrar aqueles que mostram se o trabalho que está sendo feito está ajudando sua equipe – e sua operação – a atingir seus objetivos.

  1. Compromisso 

Depois de decidir o que quer fazer e como saberá que está no caminho certo, o próximo desafio é o acompanhamento. Isso significa garantir que todos entendam os objetivos organizacionais e seu papel para alcançá-los. Assuma o compromisso de capacitar sua operação com as ferramentas de que os funcionários precisam para medir seu progresso, como acesso a dados em tempo real, insights fáceis de entender e visualização de dados. Em seguida, use essas informações para realizar avaliações e refinamentos contínuos. Juntos, eles garantirão que você não apenas aumente a eficiência de sua empresa, mas também se torne mais eficaz ao mesmo tempo.

Conclusão

Podemos concluir que Eficiência e Eficácia são dois termos muito importantes para os negócios. 

Muito embora se pareçam, cada uma possui um significado próprio. E cada uma delas descreve a maneira como algum trabalho é feito.

É possível também declarar que tanto a Eficiência quanto a Eficácia são primordiais para a organização e o bom desempenho de resultados dentro de organizações. 

Isso porque é primordial que haja reconhecimento da mensuração de dados eficientes, e também a eficácia da força de trabalho para que uma operação possa responder com resultados de sucesso. 

Em tempos de automatização e alta demanda operacional, é importante saber quais os melhores caminhos estratégicos uma equipe precisa assumir para realizar um planejamento administrativo e quais métricas devem mensurar para analisar os dados no fim de cada período.