Melhores plataformas de e-commerce

Quando decide empreender, a opção por uma loja virtual é uma das escolhas mais comuns e mais acertadas também, pois a loja online é uma maneira fácil, dinâmica e eficiente de vender, além de ter um excelente custo-benefício. Apesar da praticidade, é preciso ter bastante cuidado na hora da escolha da plataforma que irá acolher a sua página. Existem muitas opções disponíveis, algumas mais completas do que outras, e essas diferenças são cruciais na hora de oferecer uma experiência satisfatória ao usuário, o que também interfere nas vendas do seu produto. Por isso, selecionamos as melhores plataformas de ecommerce para que você possa compará-las e decidir pela opção mais conveniente.

O que é plataforma e-commerce

A plataforma e-commerce é um sistema digital que oferece toda a estrutura necessária para que o empreendedor possa montar e gerenciar a sua loja virtual.

Mas, com tantas opções no mercado, como escolher aquela plataforma que atenda a todas as suas necessidades? Bom, boa parte dos sistemas disponíveis possuem um conjunto de recursos básicos, essenciais para viabilizar o funcionamento da loja.

Apesar de serem pontos fundamentais, não são suficientes tendo em vista que a experiência que o usuário tem ao conhecer a loja conta bastante. Logo, é preciso ir além do básico, apostando em otimização, mobilidade e navegabilidade, por exemplo.

Como funciona uma plataforma e-commerce

A plataforma e-commerce é um sistema onde o proprietário da marca deverá criar a sua loja virtual. É uma excelente opção para quem não tem suporte financeiro suficiente para investir em um site próprio, por exemplo.

Para começar a usar, basta escolher a plataforma, fazer um cadastro inicial, inserir os produtos, as suas características e pronto. Depois de descrever todos eles e personalizar a sua loja, o próximo passo é começar a vender.

Com a plataforma online, você consegue:

  • Gerenciar estoque de produtos;
  • Incluir ou excluir produtos;
  • Inserir preços e ofertas promocionais;
  • Integrar as informações com as redes sociais ou outros marketplaces;
  • Definir as opções de pagamento e todas as outras funções que um varejista tem com sua loja física, mas com algumas especificidades de uma loja online.

Quais as melhores plataformas de ecommerce

O comércio eletrônico já é uma realidade e há muito tempo deixou de ser um diferencial para ser uma necessidade. É o que simplesmente viabiliza a existência de tantas pequenas empresas que não teriam como se manter na forma física.

Para atender a essa demanda, surgiu no mercado um grande volume de soluções online para hospedar essas lojas. Conheça algumas delas a seguir.

Nuvemshop

Com quase 100 mil lojas, a Nuvemshop é a plataforma mais conhecida e utilizada atualmente por pequenas e médias empresas e grandes negócios também. Oferece vendas automatizadas, integração com redes sociais, planos diferenciados e acessíveis a partir de R$ 49,90.

É possível personalizar a sua loja com vários templates disponíveis e acessá-la por meio de dispositivos móveis. O suporte da Nuvemshop acontece via e-mail e o usuário tem acesso a um amplo catálogo de serviços se aderir ao plano completo.

Shopify

A Shopify também é uma das plataformas que mais recebem adesão de lojas online. Além de hospedar o site, a plataforma também permite a criação de logotipos e oferece templates personalizados na versão gratuita e paga.

A ferramenta é integrativa, possui serviços de marketing e atende grandes marcas conhecidas do mercado. A empresa vem tentando tornar o acesso cada vez mais simples para o usuário.

Wix

Você já deve ter visto várias informações sobre essa plataforma de e-commerce, uma vez que ela é bastante popular também. A Wix oferece hospedagem gratuita e paga, esta última com um catálogo maior de serviços.

A plataforma oferece otimização de SEO, serviços personalizados, site responsivo e fácil de usar. A Wix é uma plataforma simples, ideal para quem sente um pouco de dificuldade em sistemas mais complexos de vendas online. 

Magento

A Magento é uma plataforma muito interessante, pois oferece inúmeras extensões úteis e gratuitas. Também é um sistema flexível, com interações importantes com outros locais da web, o que atrai muitas empresas, especialmente as de grande porte.

Uma das poucas objeções da Magento é a dificuldade que algumas pessoas encontram na hora de mexer nas configurações da plataforma. Contudo, com prática e constância é possível ultrapassar esse obstáculo.

WooCommerce

A WooCommerce não se trata efetivamente de uma plataforma, mas de um plugin pertencente ao WordPress, um sistema de produção de conteúdo para a web, cujo produto mais conhecido é o blog.

É uma opção bem estruturada e muito interessante para aqueles usuários online que já possuem um blog e desejam incluir um botão específico para compras virtuais. 

Da mesma forma, quem já tem uma loja virtual, pode aproveitar todas as vantagens do blog para potencializar a divulgação do seu negócio. A WooCommerce oferece extensões variadas e personalizáveis de acordo com cada tipo de negócio.

Drupal

A Drupal é uma plataforma de código aberto, ou seja, pode sofrer alterações realizadas pelos próprios usuários. Para quem já tem afinidade e conhecimento prévio sobre programação sente mais facilidade em lidar com essa ferramenta. Porém, quem é leigo pode demorar um pouco mais na compreensão do sistema.

Tray

A Tray é uma plataforma bastante completa, com mais de 200 recursos úteis para o usuário, integração com outros marketplaces, ferramentas de conversão, serviços automatizados, várias formas de pagamento e muito mais.

Quem está iniciando e não sabe ao certo por onde começar, a Tray oferece uma experiência bem interessante, com ótima infraestrutura para vendas eficazes na internet.

Abantecart

Mesmo não sendo tão popular quanto as outras plataformas, a Abantecart oferece diversas funções que vão deixar sua loja mais completa e competitiva no mercado. 

Além de plugins variados, a Abantecart oferece otimização em SEO, criação de loja virtual de forma simples e intuitiva, além da adição de produtos. Em alguns minutos a sua loja está pronta para uso.

PrestaShop

A PrestaShop é uma plataforma considerada completa, com recursos variados e indicada para quem não tem ou não se identifica com WordPress. É um sistema moderno, intuitivo, com indicadores de desempenho, várias formas de pagamento e demais serviços de gerenciamento.

Entretanto, quem não tem muita afinidade com programação pode sentir um pouco de dificuldade na hora de criar a loja. Se não for o seu caso, pode apostar na PrestaShop que terá um e-commerce bem estruturado e completo.

Vtex

Um dos diferenciais da Vtex é o armazenamento em nuvem, também chamado de cloud commerce. Também conta com sistemas de automatização de dados, o que acelera resultados e processos.

É uma plataforma responsiva, com técnicas que evitam o abandono de carrinhos, aumentando as vendas. A Vtex faz interações com lojas que não estão na internet e atua em mais de 20 países.

Zyro

Uma plataforma bem simples de usar, com vários templates disponíveis e suporte técnico ininterrupto. Os planos da Zyro são bastante acessíveis e partem de R$ 7,00 mensais para marcas pessoais.

Outra vantagem da Zyro é a criação inteligente de sites, com resultados rápidos logo após a inserção das configurações desejadas. É possível receber de volta o valor investido em caso de insatisfação com a plataforma em um prazo de 30 dias.

Loja Integrada

A Loja Integrada é uma opção de plataforma para e-commerce que também vale a pena conhecer. A ferramenta oferece desde os planos gratuitos até os planos pagos, cada um deles com um catálogo de serviços diferenciados.

Na Loja Integrada, o usuário tem acesso a rankings de faturamento, diário de bordo, alterações em comentários e vários tipos de relatórios gerenciais do negócio.

A plataforma também oferece integração com redes sociais, diversas formas de pagamento, templates personalizáveis, site responsivo e importantes ações de marketing, como cupons e ofertas promocionais, dentre outros.

Como escolher uma melhor plataforma de e-commerce

A escolha da melhor plataforma de e-commerce é uma tarefa que precisa de bastante estudo e análise de todas as características existentes.

Ficar atento a esses detalhes é importante porque a produtividade do seu negócio e o número de vendas realizadas depende diretamente da eficiência da plataforma. Diante disso, veja o que considerar:

Rapidez na navegação

Quando o cliente entra em um site e percebe que ele é muito lento, dificilmente ele permanece por ali.

A experiência do usuário, como já dissemos aqui, é fundamental e determinante na decisão de compra dele, o que influencia diretamente na produtividade e no aumento das vendas do seu negócio.

Por isso, certifique-se de que a plataforma ofereça um carregamento rápido, mesmo quando a loja estiver com um número maior de acessos, como em épocas promocionais.

Segurança

As compras online se tornaram cada dia mais frequentes. As pessoas estão se sentindo mais seguras ao adquirir produtos pela internet. Mas, claro, para isso é preciso que o site passe a credibilidade necessária para a finalização da compra.

Então, a segurança é um item indispensável na sua loja e a plataforma deve garantir essa condição para o seu cliente. Não se trata de um diferencial, mas de uma peça-chave. Cometa uma falha nesse quesito e suas vendas cairão drasticamente.

Facilidade de navegação

Não é apenas um site rápido, com imagens que carregam em poucos segundos que atraem clientes. Uma página fácil de usar, com funções intuitivas são igualmente interessantes. 

Isso porque o usuário não quer perder tempo tentando entender todo o processo. Ele quer agilidade e satisfação no passo a passo de compra, quer dúvidas respondidas com rapidez e o que mais for importante para ele fechar a compra.

Visualização agradável

Uma loja com um visual agradável, funcional e direto é tudo que você precisa. Então, mais do que caprichar em um template bonito, pense na funcionalidade da sua loja, apostando em botões realmente úteis e necessários.

Além de ser mais agradável, um aspecto simples é mais profissional e passa mais segurança ao consumidor. 

Sistemas de integração

Plataformas com sistemas de integração facilitam o trabalho do empreendedor, que não precisa executar a mesma função em vários marketplaces diferentes e nem nas redes sociais que usa para a divulgação da loja. 

Diante de muitas tarefas diárias a fazer, ter uma plataforma que realiza parte desse trabalho é, sem dúvidas, algo importante e que vai facilitar muito o gerenciamento da empresa.

Personalização

Personalizar a sua loja virtual é fundamental, uma vez que esse cuidado também ajuda a manter o nome da sua marca na mente do cliente. Por isso, adquira um template que se relacione com as cores e com a essência do seu negócio, que fortaleça a sua identidade visual.

A personalização também é uma maneira de se diferenciar de tantas outras lojas virtuais disponíveis no mundo digital.

Índices de desempenho

Os índices de desempenho permitem que o gestor acompanhe a evolução da loja virtual, modificando o que for necessário para melhorar a performance da empresa e reforçando aquilo que está dando certo.

Algumas plataformas possuem sistemas de integração direta com o Google Analytics, por exemplo, que oferece métricas diversas para gerenciamento. Relatórios de produtividade também são uma excelente opção de mensuração de dados.

SEO (Search Engine Optimization)

Considerado um diferencial em algumas plataformas, o SEO é uma necessidade. São as estratégias de SEO que permitem que a loja seja encontrada facilmente em meio aos inúmeros resultados de busca do Google.

Ou seja, quando o consumidor lança no Google as palavras “bicicleta aro 29 marca x” ele receberá diversas respostas do buscador. Se a sua plataforma investir em SEO, as chances desse usuário encontrar a sua loja será bem maior.

Formas de pagamento

Pagamento por boleto, cartão de crédito e PIX são as formas mais aceitas pelo comércio local, mas você pode investir em outras. Assim, melhora a experiência do usuário e ainda aumenta o número de conversão de vendas.

Outros pontos que merecem um estudo mais aprofundado são:

  • Presença de suporte técnico para solução de possíveis falhas;
  • Custo-benefício vantajoso, fundamental para todos os negócios, principalmente os que estão começando;
  • Servidor com boa capacidade para muitos acessos, algo frequente em datas festivas e de muita movimentação no comércio;
  • Funcionamento de forma responsiva, para acesso por meio de dispositivos móveis. O uso do smartphone para realização de compras é cada dia mais comum, o que exige um site que se adapte a essas ferramentas.

Agora você já conhece as melhores plataformas de e-commerce para investir e criar a sua loja virtual. O passo seguinte é avaliar as vantagens e desvantagens de cada uma e optar por aquela que se encaixa no seu modelo de negócio e nas suas necessidades. Também é importante lembrar que a adaptação à plataforma depende muito do tempo dedicado ao uso diário das ferramentas disponíveis. Ou seja, a prática vai ajudar você a conhecer e executar todos os serviços com eficiência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.