Plano de ação empresarial: o que é e como fazer

Podemos definir plano de ação como um mapa onde estão traçadas as estratégias para que determinado objetivo seja alcançado. É um projeto que vai desenhando o caminho que deve ser seguido para chegar em uma meta definida lá atrás. O plano de ação pode ser executado para alcançar conquistas pessoais e empresariais. E é sobre o plano de ação empresarial que falaremos hoje e como ele pode ser aplicado no seu e-commerce. Vamos lá?


O que é plano de ação empresarial

Um plano de ação empresarial é um planejamento estratégico composto por diversas etapas, pensadas e construídas com muito cuidado, empenho e honestidade, com a intenção de alcançar algum objetivo que seja importante para a sua empresa ou negócio.

Assim, se a sua empresa precisa aumentar o faturamento é preciso construir um plano de ação para que isso aconteça. Da mesma forma acontece caso os seus planos sejam ampliar a rede de atendimento, a entrega, a diversificação de produtos ofertados e tudo mais que fizer parte dos desafios comuns a um negócio.

O plano de ação é necessário, eficaz e importante para empresas e negócios de todos os tamanhos. Isso porque não se pode caminhar em direção a uma meta sem saber ao certo como fazer para chegar lá. Os riscos são muitos e não se pode investir tanto sem a garantia mínima que o esforço terá valido a pena.

Ter um plano de ação é se precaver, é se preparar para o futuro. Ou melhor, é construir o futuro que se deseja para a sua empresa, passo a passo, se antecipando às interferências e minimizando os riscos. Tudo isso, graças ao planejamento prévio e às estratégias bem traçadas.

Como funciona plano de ação empresarial

Um plano de ação empresarial é composto por diversas etapas. Cada uma delas deve ser criada e seguida para que o objetivo, de fato, seja alcançado. O funcionamento é simples: você analisa a sua empresa em busca de algo que deseja mudar e que seja, de fato, importante para o sucesso dela.

Depois, define de que forma você alcançará aquela meta. Ou seja, você cria o passo a passo de tudo que deve ser feito. Sabe a história dos degraus da escada que você precisa subir um a um até chegar no topo? É mais ou menos isso.

O plano de ação é sempre um conjunto de práticas a serem executadas para um fim específico. Por isso, para que o seu projeto seja considerado, de fato, um plano de ação ele precisa ter um objetivo claro, bem definido, ter etapas elaboradas, prazo para conclusão, além de outros detalhes que você verá melhor no tópico a seguir.

Como começar a fazer um plano de ação empresarial

Fazer um plano de ação empresarial é uma tarefa que exige bastante atenção do gestor porque requer muito conhecimento prático e teórico sobre diversos assuntos dentro da organização. Por isso, também é importante que outros colaboradores façam parte da criação desse plano.

1. Identifique as necessidades da sua empresa

2. Defina o seu objetivo

3. Trace as estratégias

4. Defina prazos

5. Ponha em prática

6. Faça o monitoramento

7. Corrija o que for necessário

Essas são etapas básicas de um plano de ação empresarial. Para ajudar a traçar cada um desses pontos, existem alguns métodos muito conhecidos e praticados não só por especialistas, mas por gestores e pessoas comuns, que querem atingir alguma meta.

Método 5h2h

Esse método consiste em 7 perguntas a serem respondidas, como uma espécie de lista. Ele é dividido assim:

What: o que. O que você quer mudar na sua empresa?

Why: por que. Por que essa mudança é importante?

Where: onde. Onde essa mudança acontecerá?

When: quando. Qual é o prazo para essa modificação?

Who: quem. Quem são as pessoas responsáveis pelos processos?

How: como. De que forma as ações serão executadas?

How much: quanto. Quais serão os custos de cada ação?

Respondendo a cada pergunta, será muito mais fácil clarear as ideias e decidir o que precisa ser feito dentro do seu plano de ação.

Método PDCA

Esse método é dividido em quatro etapas, como veremos abaixo:

Planejar: criar um plano de ação.

Fazer (do): tirar os planos do papel.

Checar: acompanhar e avaliar a execução de cada etapa.

Agir: modificar aquilo que foi reconhecido como algo a ser melhorado.

Método ver e agir

É um método prático e bem direcionado. Oferece cinco etapas para a execução de um projeto. São elas:

Definir: fazer uma reunião com a equipe e ver tudo que precisa ser ajustado, pensando nas alternativas e soluções.

Priorizar: escolher apenas um ponto a ser melhorado.

Descrever: elencar todas as ações necessárias para a solução daquele conflito.

Executar: pôr em prática tudo que foi estipulado.

Monitorar: acompanhar a execução e os resultados.

Objetivo Smart

Temos ainda o objetivo smart que auxilia o gestor na definição de um objetivo. Veja como funciona.

S (específico): um objetivo deve ser claro, bem definido e sucinto.

M (mensurável): o objetivo precisa ser mensurável, através de números.

A (alcançável): alcançar esse objetivo deve ser uma realidade e não um sonho.

R (relevante): deve ser importante para a empresa.

T (Tempo): um prazo deve ser estabelecido para atingir esse objetivo.

Tipos de planos empresariais

O plano de ação empresarial pode ser usado para várias finalidades e, portanto, ele também recebe muitas definições diferentes. Os principais tipos de planos de ação empresariais são:

Planejamento estratégico: quando você pensa na empresa a longo prazo. Como você vê o seu negócio daqui a 5, 10 ou 15 anos? Também tem a ver com a construção de seus valores, seu propósito e missão.

Gestão de riscos: é a definição de como a sua empresa vai lidar com os riscos e com os desafios referentes às mudanças no mercado, na economia ou no comportamento do consumidor, além da relação da empresa com o cliente.

Gestão de orçamentos: o plano é voltado para a criação e manutenção do orçamento da empresa, sempre pensando a longo prazo, garantindo uma reserva de emergência, controle de investimentos e boa gestão do fluxo de caixa.

Gestão de projetos: nesse caso, o plano de ação visa a melhor forma de criar, desenvolver e gerenciar um projeto importante para empresa, seja de expansão de linha de produtos, abertura de filiais ou ampliação de mercado consumidor.

Plano de negócios: o plano de negócios é aquele criado e executado durante a fase de implementação de uma empresa. Através dele é que se verifica a viabilidade de um negócio, o interesse e a necessidade do mercado, os pontos fortes e fracos do empreendimento etc.

Plano de Marketing: aqui, temos um projeto pensando na divulgação e promoção do produto da empresa através de estratégias de marketing, que pode ser o tradicional e o digital, sempre com foco no relacionamento com cliente, além da gestão da marca.

Gestão e desempenho empresarial: esse tipo de plano de ação empresarial é bem parecido com o plano estratégico, mas tem como foco a boa gestão do negócio e o crescimento sustentável da empresa ao longo do tempo para que ela, futuramente, já tenha se firmado no mercado.

Plano empresarial para e-commerce

Quando voltado para o e-commerce, o plano de ação empresarial não muda a sua essência, mas tem sim algumas peculiaridades típicas desse tipo de negócio. Veja a seguir o passo a passo do plano de ação, agora com foco em lojas virtuais.

Descobrindo as necessidades de um negócio

Nada mais é do que identificar as fraquezas do seu e-commerce. O que você precisa mudar? O que não agrada no momento? O que impede a sua loja de crescer? Anote tudo em um caderno ou no computador. Seja honesto e realista. Encare esse momento como necessário para que seu projeto, enfim, decole. Faça uma lista de necessidades. Exemplos:

  • Começar um blog para aumentar as visitas na página;
  • Criar pelo menos 10 artigos inicialmente para movimentar o blog;
  • Criar e alimentar um perfil nas redes sociais;
  • Mudar a identidade visual da empresa;
  • Adotar um sistema de logística para entregar os meus produtos;

Defina um objetivo

Daquela lista de necessidades, defina aquilo que você considera prioridade. É claro que um negócio que está apenas começando ou que ainda não se fortaleceu no campo digital pode ter muitas carências, mas não queira executar tudo de uma vez porque não dá certo. Eleja uma prioridade e foque nela.

Lembrando que o objetivo precisa ser claro, preciso e bem definido. E também deve ser importante para o crescimento do negócio.

Crie um plano

Aqui é o momento de dizer como você vai fazer para alcançar o que deseja. Se você decidiu que vai ampliar os locais de entrega do produto, precisa definir de que forma fará isso. A produção vai aumentar, uma vez que os pedidos também crescerão. Um entregador só talvez não dê conta de tudo, então, precisará contratar mais alguém. Qual será o valor da taxa? A embalagem precisa ser alterada?

Enfim, são muitas questões que surgirão a partir de um objetivo e cada um deles deve ser respondido com sensatez e honestidade.

Estabeleça um prazo

Em quanto tempo você acredita que conseguirá desenvolver o seu plano de ação? Defina um prazo para cada etapa e uma data mais distante para o resultado final. Lembre-se de não criar prazos muito apertados, que não comporte todas as ações necessárias, e nem extenso demais que pode deixar você pouco estimulado.

Use prazos realistas, dentro do que serve para a sua empresa. Crie um cronograma em uma planilha ou em um caderno e anote o início e o fim de cada etapa. Vá riscando tudo que for executando e veja como a satisfação servirá como estímulo para que você dê os próximos passos.

Ponha tudo em prática

Agora é colocar a mão na massa. Decida quem vai fazer o quê, ou seja, delegue o que for competência de cada colaborador e faça acontecer. Fique sempre atento aos prazos e não se esqueça que todas as tarefas são importantes para chegar onde a sua empresa deseja. Não perca o foco.

Analise os resultados

Inclua no seu cronograma um espaço para a criação de relatórios com o objetivo de avaliar tudo que foi feito até o momento. Essa avaliação pode ser semanal, quinzenal ou mensal. Também pode ser diária, dependendo do tamanho do seu projeto.

Recalcule a rota

Se durante a sua avaliação, encontrar problemas que precisam ser corrigidos, não tenha medo de consertá-los. Da mesma forma que você não deve temer mudar de objetivo se perceber que aquele já não é tão importante assim e que surgiu outra prioridade ainda mais urgente.

Lembre-se que o objetivo final é sempre pensar em quanto tudo aquilo que está sendo executado é importante para a sua empresa. Corrija os erros, reforce os acertos e siga tentando.

Dicas para um plano de ação dar certo

Criar um plano de ação empresarial não é tão difícil. O que soa bastante desafiador é pôr em prática, executar tudo que foi projetado. Para minimizar erros e riscos, também temos algumas dicas. Confira.

Envolva todos os colaboradores

Todo mundo da sua equipe precisa saber qual é o objetivo do plano de ação e qual é o papel deles nessa tarefa de conquistar resultados. Essa é a melhor maneira de estimular a participação de todos, delegar tarefas e cobrar resultados.

Faça a visualização do seu plano

Tire as ideias da cabeça. Escreva, ou digite, o seu plano de ação. Se achar melhor, desenhe. Escolha a melhor maneira para fazer com que você e sua equipe entendam o que você quer e como cada um deve contribuir para esse fim.

Não seja otimista demais

Achar que vai dar conta de mais de um objetivo por vez, que consegue fazer tudo dentro de um prazo apertadíssimo, que não precisa se preocupar com mudanças que a economia está apontando são exemplos de otimismo em excesso. Não caia nessa. Seja realista.

Tenha um objetivo por vez

Como já dissemos, ter prioridade é fundamental. Se há muitas questões a serem resolvidas, eleja uma mais importante e concentre suas ações nessa. Quanto mais eficaz for o seu plano de ação mais rápido ele será concluído e você poderá partir para o próximo ponto.

Esteja sempre um passo à frente

Isso quer dizer que você deve se antecipar aos problemas e desafios que podem surgir futuramente. De repente, o seu produto não teve a aceitação esperada ou a logística adotada não deu certo. Não tema nada disso. Pense em tudo que pode dar errado e crie alternativas.

Como vimos, um plano de ação empresarial é uma estratégia importante para a gestão e bom desempenho de um negócio, seja ele tradicional ou totalmente digital como um e-commerce. Agora que você já sabe como criar um plano de ação, que tal começar novos projetos ou aperfeiçoar a sua empresa ou o seu negócio?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *